MEDO! O que é isso?

MEDO! O que é isso?

Opa, TCVM? Hoje eu tenho uma pergunta pra você responder sem medo:

O que é o medo?

Você pode entender o medo como um sentimento de insegurança relacionado a alguém, um animal, um inseto, um contexto ou um objeto.

Cada pessoa tem sua própria percepção do que é o medo, e o que seu vizinho teme pode ser diferente daquilo que você teme!

Há pessoas que sentem medo de entrar num lugar fechado, como o metrô por exemplo. Há aquelas que sentem medo de lugares abertos e por isso nem saem de casa. Existem também aquelas que sentem medo de fazer coisas como organizar eventos, outros sentem medo de barata, de avião, de borboleta…

E pode ser que o problema não esteja no metrô, na barata, e tão pouco no avião ou na borboleta. O problema está longe de ser alguém, ou o objeto e o contexto onde o medo se apresenta. Mas normalmente está no modo como a pessoa percebe esse contexto, objeto, animal ou as outras pessoas.

Veja bem: Alguém precisa voar de São Paulo para o Rio de Janeiro. O problema dessa pessoa seria o avião, ou o que a faz sentir um forte medo é o que ela pensa que pode acontecer?

Pensamentos do tipo:

*E se eu passar mal aqui dentro?

*E se houver uma pane nos motores?

*Eu não aguento ficar trancado nesse canudo de metal!

*Essa pode ser a última vez que vejo minha família e as pessoas que amo.

*Os números desse voo são muito suspeitos!

*E se o avião cair no mar – Eu não sei nadar!

São muitos pensamentos que passam pela cabeça de alguém que sente medo de voar. E a mesma coisa acontece na cabeça de pessoas que sentem outros medos! Isso é muito mais comum do que se possa imaginar!

Agora, um bom passo na compreensão do medo pode ser entender que todos eles surgem da preocupação a respeito do que pode acontecer, e não do contexto atual, do objeto, da pessoa ou do animal em si!

Medo

Vamos entender o que acontece fisicamente quando a gente sente medo?

Quando sentimos medo, a nossa mente nos deixa preparados para uma reação que chamamos de “lutar ou fugir”. Isso faz com que o corpo esteja pronto para lidar com duas possibilidades: enfrentar a situação e partir pra luta, ou sair correndo dela, fugindo mesmo.

Esse é um trabalho intenso e extremamente rápido que acontece no cérebro, liderado pela amigdala. O que acontece é que em situações onde se sente medo é liberada uma dose extra de substâncias químicas como a adrenalina, na nossa corrente sanguínea. Por isso uma pessoa que sente medo, pode experimentar sensação de tremores, enjoo, dores agudas nos braços, pernas e ombros. Nossos sentidos ficam muito mais sensíveis ao que está ao nosso redor.

E quando tudo isso acontece em relação a alguma coisa que não seja uma ameaça física, por exemplo, você não está sendo atacado por uma cobra. Quando o que acontece está relacionado a uma ameaça emocional, como no caso da pessoa sentir medo de embarcar num veículo que é o segundo mais seguro no mundo para transporte de pessoas, perdendo apenas para o elevador, então você começa uma espiral de pavor e seu coração dispara, acelerando a adrenalina que pode gerar dores no corpo.

Tem a história de uma pessoa que sentia um tremendo medo de viajar de avião.

Mas nunca havia entrado num avião. O mais perto que ela tinha estado de uma aeronave era através de fotos ou filmes.  Logo, ela sentia medo daquilo que ela pensava que o avião era. Toda vez que ela passava perto de aeroportos, ou via aviões passando no céu, ela suava frio, o coração disparava acelerado, as pernas tremiam, os ombros ficavam tensos, e ela sentia enjoo.

Perceba então que esse medo não estava relacionado ao ato de entrar num avião, mas a sensação de perder o controle que ela associava a estar num avião. Como essa sensação toda era muito intensa, ela nunca havia tido a chance de lidar com o medo de forma racional.

Por isso é importante conhecer e compreender alguns elementos para que você consiga superar e perder mesmo o medo.  Especialmente esse medo de coisas que não trazem risco real a sua integridade física. É importante você saber como usar por exemplo os filtros certos para superar seus medos. E isso é possível! E eu sei que você pode conseguir mudar essa percepção, se isso for realmente o que você quer, de forma muito rápida e simples.

Você só precisa conhecer os caminhos certos.

Bom, esse artigo está ficando muito longo. E se você quiser saber mais sobre os elementos que você precisa conhecer para liberar e deixar sair o medo que te paralisa, então me procura, e a gente conversa melhor sobre isso.

Ou talvez você prefira entrar logo para o Programa Experimente a PAZ e aprender como resolver isso de uma vez por todas! Programa Experimente a PAZ

Experimente a PAZ!CliqueAqui

#experimenteapaz
#VENCENDOmedos
#FEFT
#MeditaçãoComTapping
#MétodoRLGdeCoaching

Assista esse vídeo gratuito e sinta o poder da Meditação com Tapping

 

Compartilhe