Círculo Vicioso. Você já esteve inserido num?

Círculo Vicioso. Você já esteve inserido num?
Você sabe se sua mente está num círculo vicioso?

Aliás, você entende como é o processo de um círculo vicioso?

Bem, vou te dar 2 alternativas de mídia para saber mais a respeito:

Você pode ler ou ouvir o texto que segue. (Para ouvir basta clicar aqui)

Antes deixa eu te lembrar de comentar no final, OK? Sua participação é importante pra mim, pois me dá um sinal se estou escrevendo algo relevante para você, ou se devo tomar outros rumos. ;^)

A mente

Vamos considerar antes de mais nada o que é uma mente presa em um círculo vicioso.

Bem, um dos exemplos mais óbvios que conhecemos é a preocupação.

O médico te diz que você terá que fazer uma operação. E isso acontece de uma forma que automaticamente todo mundo se preocupa com isso. Mas, desde que a preocupação tira o seu apetite e o seu sono, ela te faz mal!

Mas você não consegue parar de se preocupar. Assim, você fica mais preocupado por estar preocupado.

Assim, mais adiante, porque isso é um grande absurdo, você fica enfurecido com você mesmo por fazer isso.

Você se preocupa porque você se preocupa por estar preocupado. Isso é um círculo vicioso.

Agora você consegue permitir que sua mente fique quieta?

Não é difícil? Porque a mente parece um macaco, pulando pra cima e pra baixo o tempo todo.

Uma vez, você aprendeu a pensar que não pode pará-la.

E um número enorme de pessoas dedicam suas vidas a manter as mentes ocupadas, e se sentem extremamente desconfortáveis com o silêncio.

Quando você está sozinho, ninguém está dizendo nada. Não há o que fazer.

É isso. Essa preocupação. Essa falta de distração. Estou sozinho comigo mesmo. E eu quero fugir de mim mesmo. Sempre quero! Por isso vou ao cinema, leio histórias de mistério, por isso vou atrás de mulheres, ou bebo, qualquer coisa. Eu não quero ficar comigo mesmo… Eu me sinto estranho.

Porque você foge de si mesmo? Porque é tão ruim?

Porque quer esquecer? Porque quer parar?

Por que você está viciado em pensamentos!

Isso é uma droga… Muito perigosa!

Pensamento compulsivo continua e continua e continua… sem parar. É um hábito!

Assim é difícil parar essa atividade. Mas você deve parar se quiser ficar são.

Porque se eu falo o tempo todo, não escuto o que os outros tem a dizer. E vou acabar numa situação em que não tenho nada a falar além das minhas próprias palavras.

Exatamente da mesma forma, se eu penso o tempo inteiro, eu não terei nada para pensar a não ser meus pensamentos.

Para ter algo sobre o que pensar, há momentos em que você tem que parar de pensar. Mas como você faz isso?

A primeira regra é: não tente. Porque se você tentar, será como alguém tentando acalmar águas turbulentas com uma chapa plana. Você só vai bagunçar mais ainda.

Assim, da mesma forma que uma piscina barrenta e turbulenta se acalma se for deixada quieta, você deve saber como deixar sua mente sozinha… Ela vai se acalmar sozinha.

Esse é um texto de Alan Watts

Agora comente e compartilhe com seus amigos! ;^)

#FEFT
#experimenteapaz

Desfrute dessa mensagem também:

Compartilhe: