Quarto Bagunçado

Quarto Bagunçado

Vamos entender isso de “quarto bagunçado” já-já!

Ao longo dessa sequência de artigos, eu falei com você sobre normalidade. Sobre aquelas coisas da sua vida que não estão do jeito que você gostaria que estivessem, mas que mesmo assim, você tem aceitado como “normais”.

Essa compreensão e aceitação da normalidade das coisas acaba dificultando a possibilidade de mudança. Por isso, em primeiro lugar eu te convidei a tomar consciência da sua normalidade.

Em seguida eu te convidei a pensar no seguinte: Se não é isso que você está querendo como normal na sua vida, então, o que você quer que se torne normal? Qual é a nova normalidade que você espera alcançar, ao longo de um trabalho de desenvolvimento próprio, o que você quer criar para sua vida? Como sua normalidade pode ser melhor?

E no artigo anterior falei exatamente sobre uma das maneiras que você pode usar para começar a mudar sua normalidade. Porque existem métodos, técnicas e ferramentas para fazer isso de forma estruturada.

E uma das maneiras que você pode usar para acelerar seu desenvolvimento é exatamente a modelagem, ou seja, aprender através da convivência, da presença, da observação de pessoas que vivem, ou que passaram a viver o processo que você quer viver. Porque a influência das pessoas em nossas vidas é natural. Por isso eu disse que “passarinho que acompanha morcego acorda de cabeça para baixo”. Por isso eu te chamei a refletir se você tem acompanhado morcegos ou águias.

E agora eu quero te falar sobre uma outra forma que você pode usar para acelerar e facilitar o seu processo de desenvolvimento próprio.

Pensa na sua casa. Imagine um quarto muito desorganizado que você tem que arrumar. Aquilo está uma bagunça, o verdadeiro caos! Como é que você se
sente ao se deparar com isso? Bem, se Quarto-Bagunçado-você é como a maioria das pessoas, chances são que você se sinta mal. Ao pensar em arrumar esse quarto, talvez você sinta uma grande sobrecarga! Afinal é muita coisa para colocar em ordem! E isso, normalmente dá a nossa mente a impressão de que é muito difícil de fazer o que precisa ser feito.

Olhar o todo e pensar apenas nele pode ser mesmo assustador. Mas se você organizar em sua mente que cada coisa vai para o lugar certo em um momento. Cada coisa de uma vez! Isso já começa a facilitar a sua sensação e percepção do trabalho que se tem.

É como escrever um livro! Se você pensar no livro completo, tantas páginas, tantos capítulos, tantos parágrafos e palavras. Nossa! Parece difícil escrever um livro. Mas se você pensar que cada página deve começar com a primeira letra, a primeira palavra, e depois a primeira frase, e em seguida o primeiro parágrafo, então daqui a pouco você tem a primeira página, e assim, letra por letra, palavra por palavra, o livro nasce. Aos poucos, uma letra por vez!

E dentro de um processo de crescimento e desenvolvimento próprio, é você com você mesmo! E se você quiser resolver todas as coisas da sua vida ao mesmo tempo, você vai ter aquela impressão de estar diante de um quarto desorganizado para arrumar, ou de um livro para escrever! Vai parecer difícil demais! É coisa demais para fazer sozinho!

Bem! Diversas pesquisas demonstram que nossa mente consciente é capaz de lidar com 7 mais ou menos 2 seguimentos de informação ao mesmo tempo.

Então, nós conseguimos lidar com 5 a 9 assuntos ao mesmo tempo. E quando você lida com 9 assuntos ao mesmo tempo, as chances de haver alguma confusão são grandes, e por isso a gente costuma travar e se sentir um tanto perdido.

Então, porque é que eu estou te falando isso agora? Quando a gente fala de desenvolvimento próprio, a gente tem que lidar com muita coisa. Se você pensar em saúde, só esta área pode envolver diversos seguimentos. Sua pressão arterial, suas taxas de glicose, a questão aeróbica, muscular, se você está acima ou abaixo do peso e por aí vai!

E aí, novamente você se depara com um monte de coisas a sua frente e isso traz aquela sensação de que não vai ser fácil!

Por isso, quando você inicia um processo de desenvolvimento próprio, é importante você definir no máximo 5 áreas da sua vida para começar a pensar e trabalhar. Eu diria que o ideal mesmo é escolher 3 áreas preferenciais. Não é que outras áreas não sejam trabalhadas. Mas vamos dar mais atenção aquelas áreas que você mais acha que precisa, e naturalmente as outras áreas vão se desenvolver também!

E só você pode saber as áreas que são prioridade para você trabalhar daqui para frente.

Pode ser a área Espiritual, a área Financeira, a área Profissional, a área Familiar, a área da Saúde, ou outra área qualquer!

Eu acredito que isso que estou te falando agora já deve estar mais claro para você desde que você definiu as normalidades que não são boas para você e aquelas que você acredita que pode melhorar.

No momento em que falei sobre isso, se você está anotando direitinho em seu caderno… você tem um caderno para anotar essas coisas, né? Eu sugiro fortemente que você tenha um! Se você está desde o início anotando essas coisas, você certamente tem noção de quais são essas áreas que você pode colocar atenção imediatamente.

Então eu te convido, agora, a definir quais as 3 áreas da sua vida para você trabalhar daqui pra frente. Reflita sobre isso. Anote em seu caderno. E eu espero que você tenha tido uma compreensão melhor desse seu processo de crescimento! No próximo artigo a gente vai falar de uma outra coisa muito importante também para seu desenvolvimento. Beleza?

A gente se vê em breve! Experimente a PAZ!

#experimenteapaz
#VENCENDOmedos
#FEFT
#MeditaçãoComTapping
#MétodoRLGdeCoaching

Visite a fanpage: https://www.facebook.com/VIDHA.Assessoria.Coaching.Treinamentos
Youtube: http://www.youtube.com/c/ExperimenteapazBr

Experimente essa Meditação com Tapping:
Compartilhe